single-image

Uma mensagem da Bíblia foi incluída no bloco 666.666 do Bitcoin

Nesta segunda-feira(18), às 23h28 UTC, o bloco 666.666 do Bitcoin foi extraído e nela havia uma mensagem bíblica.

O Bitcoin e outras blockchains permitem que os usuários incluam mensagens em suas transações. Essas mensagens são imutáveis e privadas, igualmente como as transações, e não é possível censurá-las devido ao design da blockchain.

A mensagem vem do livro aos “Romanos”, o sexto livro do Novo Testamento, e dizia: “Não se deixe vencer pelo mal, mas vença o mal com o bem – Romanos 12:21”, a citação agora faz parte do Bitcoin para sempre.

Os endereços de saída também contêm palavras como Deus e Bíblia.


Quem enviou as transações pagou mais de US$50 em taxas, equivalente a cinco vezes mais do que a taxa média de transação movimentada do Bitcoin no dia, segundo a Bitinfocharts.com

Claramente o objetivo do remetente era ter suas transações e mensagens incluídas no bloco 666.666, ao invés de ser uma coincidência.

Mas não é de hoje que mensagens são deixadas na blockchain, geralmente a primeira que ocorre em cada bloco.

Em 3 de janeiro de 2009, o primeiro bloco gênese minerado, contém a manchete do The Times sobre resgates bancários, que foi codificado pelo próprio Satoshi Nakamoto.

The Times 03 / Jan / 2009: “Chanceler à beira do segundo resgate aos bancos.” 

Em 2020, durante a primeira fase da onda do Covid-19, e também no momento em que o Federal Reserve imprimiu mais papel moeda para estimular a economia dos EUA, o bloco de número 630.000 revelou:

NYTimes 09 / abr / 2020:  “com injeção de $2,3 toneladas, plano do Fed supera em muito 2008.”

No bloco 659.678 do Bitcoin também foi imortalizada a manchete da Reuters sobre a criptomoeda atingindo um novo recorde histórico em uma cenário de queda do dólar americano.

Reuters 01 / dez / 2020: “Dólar despenca com as esperanças de estímulo dos EUA; Bitcoin atinge o pico de todos os tempos.”

No ano passado, um homem europeu registrou o nascimento de seu filho no Bitcoin, e em 2014 o primeiro casamento foi registrado na blockchain. Isso mostra que cada vez mais as pessoas estão utilizando a  blockchain para eternizar mensagens. 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

VOCÊ PODE GOSTAR