Criptomercado Educação
single-image

Swipe (SXP): “Ponte” projetada para cartões movidos com um token

Muito além de criadora, a Swipe de apresenta como uma projetora de Mercados Automatizados, sendo bifurcado por propostas como a Uniswap e a THORchain

Normalmente, soluções criptográficas são criadas para focar em certos detalhes, porém, algumas são ambientadas para realizar uma ligação entre utensílios digitais que possam criar um projeto em comum. Esse é o caso da Swipe (SXP), que se apresenta como uma “ponte” entre o universo cripto com as moedas “fiat”, contando com uma API que funciona como uma desenvolvedora de cartões que são movidos pelo seu token nativo, o SXP. Muito além de criadora, a Swipe de apresenta como uma projetora de Mercados Automatizados, sendo bifurcado por propostas como a Uniswap e a THORchain, um fornecimento possibilitado pela solução Swipechain da plataforma.

Assim, fica claro que a Swipe se apresenta como uma ramificação que cria diversas outras ferramentas que buscam contemplar um produto em comum. Esse produto, em específico, é o cartão citado acima, que entra em funcionamento e se liga com diversas bolsas e exchanges específicas, como a Binance. Por causa dessa conexão e por ser uma “ponte” de utensílios, a Swipe consegue se conectar com empresas como a Visa, por meio de sua API. Assim, seu produto é um fornecimento genuíno no setor. Ele agrega tanto a criptografia quanto o mundo das moedas fiduciárias, focando mais no digital do que na possibilidade palpável em si.

Voltando para a API da Swipe, ela ajuda a habilitar conversões em tempo real dentro de seu conceito. Para o usuário realizar uma conversão, ele precisa “tocar” seu cartão de débito no ponto de venda que busca realizar a operação, isso cria uma experiência única ao indivíduo. Perceba que esse processo é muito mais rápido, com usabilidade e acessibilidade, que são pilares bem definidos dentro do criptomercado. E, como é costume, existe um planejamento de incentivos para quem opera com a Swipe, também chamado de Swipe Rewards. Nesta modalidade, há uma possibilidade de reembolso de valores que estão vinculados ao cartão, oportunizando a volta de até 30% em números movimentados por varejistas que participam da proposta.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

VOCÊ PODE GOSTAR