Criptomercado Destaques Ethereum News
single-image

Softbank lidera investimento de game com Ethereum

Softbank está liderando investimento de R$ 3,6 bilhões em game de figurinhas de jogadores com Ethereum

Após o levantamento de aproximadamente US$ 50 milhões na rodada Série A do game, é esperado que agora, na rodada B, esse preço aumente e a empresa expanda seu capital em até US$ 4,3 bilhões. O projeto foi liderado pelo conglomerado japonês de tecnologia e investimentos da Softbank, cujo tem diversos investimentos no criptomercado. Especialmente por meio da divisão de serviços financeiros chamada SBI Holdings. 

Atualmente a Softbank está focada no mundo dos esportes. Logo, o jogo Sorare conta com jogadores de 175 clubes em sua plataforma e a Associação de Jogadores da Major League Soccer em sua plataforma. Segundo o cofundador e CEO da Sorare, Nicolas Julia, a ideia é que o jogo cresça cada vez mais, podendo assim adicionais novas ligas (masculinas e femininas) e outros esportes. “Queremos continuar melhorando a experiência dos usuários com nossa plataforma, incluindo o desenvolvimento de um aplicativo para smartphones”, disse o empresário.

Como o jogo funciona

O Sorare foi construída em torno de NFTs voltados para os atletas profissionais. Assim como figurinhas usuais, a ideia é que os usuários consigam trocar as cartas, podendo comprá-las ou vendê-las, cada qual com uma quantidade limitada. É similar a outros games fantasy, onde os jogadores montam uma equipe a cada semana e formam ligas com outros usuários, ganhando pontos conforme os jogadores (na vida real) se saem durante as partidas. De acordo com a empresa, o Sorare já reportou mais de US$ 150 milhões negociados em sua plataforma. Além disso, ela possui cerca de 600 mil usuários. Jogadores como Gerard Piquè, Antoine Griezmann, Rio Ferdinand e César Azpilicueta investiram nessa nova rodada. 

Ao mesmo tempo que a nova rodada foi lançada, a Sorare anunciou também a parceria com a desenvolvedora de games Ubisoft. A empresa já colaborou na criação do One Shot League, spin-off da Sorare, baseada na liga belga Jupiler Pro League. Dessa forma, com o investimento de US$ 680 milhões nesta rodada Série B, no qual, é o dobro da maior já realizada no criptomercado europeu até agora. A empresa espera que isso alavanque as chances do jogo crescer futuramente.

Leia também:

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

VOCÊ PODE GOSTAR