News
single-image

Sabrina Sato inicia parceria com startup brasileira e entra no metaverso

Chamada de Satiko, o avatar de Sabrina Sato vem como uma grande inovação no metaverso

Após o Facebook se transformar em Meta no mês passado, o metaverso vem ganhando mais força no criptomercado. Mais empresas e grandes nomes na indústria comecem a cogitar suas chances no ecossistema. Tomando a dianteira, a Biobots Tech, uma startup brasileira que desenvolve produtos digitais como NFT’s e avatares para celebridades focados no metaverso, anunciou uma parceria com a atriz Sabrina Sato. A união foi divulgada por uma postagem no Instagram oficial da celebridade. Além disso, Sato também mudou a sua foto de perfil para um avatar cunhado pela Biobots. Chamada de Satiko, o avatar de Sabrina Sato vem como uma grande inovação no metaverso. 

De acordo com a atriz, a personagem é um híbrido da celebridade real com uma entidade digital com personalidade própria.

“Satiko nasceu com a proposta de ampliar a maneira como interajo e me comunico com vocês. Ela viverá experiências que não tenho tempo de viver e produzirá um conteúdo diversificado. Satiko tem vida e personalidade próprias. Ela é moderna e divertida, tendo como missão mostrar que tudo é possível”, destacou Sato pelo Instagram. 

Sobre Biobots Tech

O Biobots Tech é uma startup criada por empresários brasileiros, no qual busca misturar a ideia de uma agência de influenciadores digitais com um laboratório de desenvolvimento de produtos para tecnologias emergentes. Com um investimento inicial de R$ 20 milhões, a empresa entrou no mercado com a proposta de criar avatares digitais de personalidades famosas para melhor interação com fãs e marcas no metaverso. A proposta da empresa é dar vida aos avatares. 

“O mercado de NFT’s, avatares e metaverso ainda é novo para os brasileiros. Entretanto, nós observamos, através de pesquisas e estudos internos, que o país tem interesse em saber e aprender mais sobre o assunto. Entendemos o setor como uma extensão de games que é muito estabelecido aqui no Brasil e acreditamos que existem oportunidades ótimas para a empresa”, destacou o CEO da empresa, Ricardo Tavares.

Os planos do Biobots se estendem para um mercado mais amplo do que apenas o brasileiro. Atualmente, a empresa já conta com uma filial em Miami e está buscando expandir para outras partes do mundo. De acordo com o empresário, as metas comerciais para a empresa preveem um faturamento de R$ 50 milhões em 2022 e até R$ 200 milhões em 2023.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

VOCÊ PODE GOSTAR