single-image

O fenômeno das moedas “meme” no criptomercado

Dogecoin e Shiba Inu são alguns dos ativos em evidência nas últimas semanas

 

O criptomercado é um setor caracterizado pela autonomia de criação de criptoativos, altcoins e outros tokens. Não existe um modelo específico que precisa ser seguido, assim, se abre uma porta para inovação de redes que seguem a velocidade da internet, ativos que seguem modelos diferenciados e tokens que fazem alusão a alguma coisa. Nos últimos meses, um tipo característico de de ativo se fortaleceu e vem abalando o setor dos criptoativos. Se trata das moedas “meme” e, para ser mais específico, as moedas de cachorro. O Dogecoin e Shiba Inu são alguns dos ativos em evidência nas últimas semanas, mas o que explica isso e o que são essas moedas?

Vamos então “destrinchar” as duas moedas de maior relevância no momento, começando pelo Dogecoin. Ocupando atualmente a 4ª posição no CoinMarketCap, a moeda meme faz alusão ao Shiba Inu, uma raça de cachorro bem popular no Japão. Seu código fonte aberto foi desenvolvido por Billy Markun e Jackson Palmer a partir de um fork realizado no Litecoin em dezembro de 2013. Sua intenção inicial era de ser um modo descontraído de encarar o setor, porém, não é um ativo tão simples assim. O DOGE usa uma tecnologia de criptografia com um tempo de mineração de bloco de um minuto, sem limite de suprimento. Assim, o Dogecoin também não possui um limite de mineração.

A moeda se popularizou no Reddit e no Twitter, redes sociais de bastante relevância atualmente. Com isso, o DOGE desenvolveu o Dogecoin Faucet, que é um site que dá uma pequena quantidade gratuita do ativo para interação em comunidades que focam na moeda meme. E, por falar em Shiba Inu, vamos linkar as duas moedas no mesmo raciocínio. O ativo também faz alusão a mesma raça de cachorro, mas se apresentou ao criptomercado como a “Dogecoin Killer”. Ela se listou na ShibaSwap, que é uma exchange descentralizada própria da SHIB.

Em um modo descontraído, a Shiba Inu, que agora figura na 25ª posição do CoinMarketCap, surgiu de um Woof Paper (alusão ao White Paper do Bitcoin), com intenções claras. Os criadores apontaram que surgiram do “nada”, que nunca colaboraram juntos, mas se uniram pelo amor ao Shiba Inu. A moeda começou a se popularizar pelo fato de convidar artistas que focam em artes de  cachorros para trabalhar no conceito. Outro fator predominante foi a Amazon Smile, que foi uma campanha levantada pelo ativo para resgatar cachorros da raça citada.

O Shiba Inu também virou notícia nos últimos dias por um fato curioso. Vitalik Buterin, que é o criador e desenvolvedor da rede Ethereum, possuía 50% do suprimento total do ativo, com o restante sendo inserido no Uniswap. Buterin direcionou seu suprimento equivalente a US$ 8 milhões para o combate ao COVID-19 na Índia mas, não foi só isso que colocou as moedas meme de cachorro em evidência no criptomercado.

 

Elon Musk e seu impacto

 

O CEO da Tesla, Elon Musk, tomou conta dos noticiários das últimas semanas por estar se tornando um “possível” canal de transformação no que diz respeito ao crescimento e queda de criptoativos específicos. O bilionário posta opiniões constantemente sobre o Bitcoin e o Dogecoin, com tweets que foram predominantes dentro dos índices de mercado. No último sábado (08/05), Musk participou do Saturday Night Live, famoso programa de comédia americano, e utilizou o Dogecoin em seu discurso principal. Acontece que, o teor de “piada” que o profissional usou fez com que a moeda caísse significativamente, com uma baixa de até 30% horas após a participação no programa.

Porém, a declaração de Elon Musk não fez com que o Dogecoin congelasse e despencasse ainda mais e isso também serve para o Shiba Inu depois das movimentações de Vitalik Buterin. No último dia 12/05 o SHIB acabou subindo cerca de 1.900% (US$ 0,000001 para US$ 0,000036) antes do impacto do criador do ETH tanto do Shiba Inu como em outro ativo de cachorro denominado Akita Inu. A Binance chegou a distribuir US$ 50 mil em SHIB no mesmo dia, um fato que também chamou a atenção. Dois dias antes (10/05), os tokens gerais de cachorro estavam dominando a Uniswap V3. Mas, levando tudo isso em consideração, qual será o futuro das moedas meme?

Com Elon Musk, Buterin e outros grandes nomes citando e atuando em prol desse tipo específico de ativo, continuaremos a ver a relevância dos mesmos. Ficou claro que redes sociais são canais de transformação do setor, pois unem uma comunidade muito forte que acredita em certo ativo, mesmo que o projeto não seja lá o dos mais relevantes. A fala e declaração dos profissionais citados esquenta o setor, mas a longo prazo podemos visualizar um cenário totalmente diferente. E, por falar em moedas meme de cachorro, vamos conhecer a posição no CoinMarketCap de outros ali listadas?

 

Outros Tokens de Cachorro

 

  • Dogelon Mars (ELON): 149º
  • Akita Inu (AKITA): 2517º
  • Kishu Inu (KISHU): 2529º
  • Hokkaidu Inu (HOKK): 2554º
  • Sanshu Inu (SANSHU): 2583º
  • Alaska Inu (LAS): 2613º
  • Coshi Inu (COSHI): 2652º
  • Hanzo Inu (HANZO): 2811º
  • Vira-Lata Finance (REAU): 3095º
  • Rover Inu Token (ROVER): 5102º 

 

Leia também

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

VOCÊ PODE GOSTAR