single-image

MoneyGram suspende uso de plataforma da Ripple

Nesta segunda-feira (22), a MoneyGram, empresa de remessas com capital aberto, anunciou a suspensão do uso da plataforma de soluções de pagamento da Ripple. 

O principal motivo seria o processo realizado pela SEC que a Ripple Labs está enfrentando. Ao usar a RippleNet, a MoneyGram aproveitava a liquidação de tokens XRP como parte de seu processo de pagamentos.

Nos últimos dois anos, a Ripple pagou US$50,2 milhões e US$11,3 milhões, respectivamente, à MoneyGram.


Ripple se pronuncia sobre o caso

A Ripple Labs enviou comunicado afirmando que a suspensão seria temporária, e informou que a empresa busca soluções alternativas para oferecer. Além disso, a companhia espera que haja mais clareza regulamentar nos Estados Unidos a respeito do uso de ativo ligados a criptomoedas:

“Assinamos um contrato plurianual em 2019 com a MoneyGram, que ainda está em vigor e não se limita ao uso de ODL [solução de liquidez sob demanda dentro da RippleNet que utiliza XRP]. Juntos, estamos ativamente aproveitando e explorando casos de uso alternativos. Estamos ansiosos para encontrar um caminho a seguir com a MoneyGram e temos confiança de que haverá mais clareza regulamentar nos EUA para o uso de ativos digitais e tecnologia de blockchain no final deste processo.”

Após o anúncio que a SEC entraria com um processo contra a Ripple, diversas empresas buscaram desvincular suas atividades ligadas à companhia, e diversas exchanges deixaram de listar o token XRP.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

VOCÊ PODE GOSTAR