Destaques News
single-image

Mercado Livre ganha função de negociação de Bitcoin

De acordo com o vice-presidente da empresa, Tulio Oliveira, a companhia levou um tempo para analisar e aprender sobre os ativos antes de entrar no criptomercado

Mercado Livre/Mercado Pago, uma das maiores franquias de comércio eletrônico da América Latina, anunciou nesta semana a funcionalidade para comprar, vender e guardar criptomoedas em sua plataforma. O anúncio foi feito na segunda-feira (22/11) pelo CEO do Mercado Pago, Osvaldo Gimenez, por meio de uma publicação em sua conta oficial no Twitter. De acordo com o vice-presidente da empresa, Tulio Oliveira, a companhia levou um tempo para analisar e aprender sobre os ativos antes de entrar no criptomercado. 

Após estudarem a ideia, eles perceberam que o cripto tem um potencial transformador para o futuro, abrindo muitas oportunidades para o negócio. “A ideia agora é começar a explorar o cenário cripto brasileiro e depois estender para outros países”, destacou Oliveira para o Bloomberg. Essa não é a primeira vez que o Mercado Livre anuncia novidades relacionadas ao mercado cripto. Anteriormente, Gimenezes enfatizou que o Bitcoin (BTC) e o Ethereum (ETH) podem ser a “revolução nas finanças”. 

Além disso, a empresa chegou a comprar cerca de 8 milhões de BTC para desenvolver uma ferramenta de pagamento para comprar imóveis. Entretanto, o projeto de disponibilização de compra e venda de ativos causa maior impacto no mercado. A razão disso é que ele deve servir como porta de entrada para os mais de 10 milhões de usuários no Brasil. A ferramenta deve abrir novas possibilidades não apenas para a empresa, mas também para os seus clientes que agora possuem um meio mais ágil e fácil de compra e venda dos produtos.

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

VOCÊ PODE GOSTAR