Criptomercado Destaques News Tecnologia
single-image

Huobi pretende voltar a atuar no Brasil

A empresa anunciou que irá aceitar depósitos em Reais, facilitando ainda mais na reintrodução dentro do país

 

Com o grande fomento do criptomercado dentro da América Latina, muitas empresas e soluções tecnológicas estão voltando seus olhos para países de pequeno e grande porte que contam com investimentos em criptoativos e, como esperado, o Brasil é um deles. Decorrente a isso, a Huobi voltou a mostrar interesse em voltar a atuar com sua exchange em solo brasileiro. A empresa anunciou que irá aceitar depósitos em Reais, facilitando ainda mais a sua reintrodução dentro do país. A Huobi comunicou que conta que os depósitos serão realizados por meio de uma parceria com a Latamex, uma empresa “gateway” da Settle Network.

De acordo com a exchange, Pesos Argentinos e Mexicanos também entrarão em seu mecanismo por meio de transferência bancárias. Ainda, a marca afirma que esse anúncio aconteceu em boa hora, já que nesse momento a solução tecnológica ampliou seus serviços no continente Latino. Vale citar que esse avanço da marca no Brasil é um grande ganho para preencher a demanda de falta de informação e atuação local e, um país grande como o Brasil, é importante ter parceiros como a empresa.

O que a Huobi diz?

“Mais de 600 milhões de pessoas vivem na América Latina. Muitas delas já estão familiarizadas com o universo de blockchains e criptomoedas. Dessa forma, ampliar nossa presença nessa região é uma progressão natural à medida que expandimos nossos serviços para atender às necessidades das pessoas em todo o mundo”, disse diretor de estratégia global da Huobi, Jeff Mei, em comunicado articulado pela empresa e vinculado em diversos canais de informação do setor, como a CriptoFácil.

Dessa forma, a empresa salientou em sua nota a expectativa de que sua atuação seja diferente de como foi no passado. Isso porque seus negócios não observaram números expressivos que justificassem sua estadia no país naquele momento. “Nosso objetivo é preencher a lacuna entre as moedas fiduciárias e as criptomoedas para traders em toda a região. [Queremos] criar a experiência de negociação fiat-para-cripto mais rápida e eficiente possível. Durante o primeiro mês de serviço da empresa, os usuários na Argentina, Brasil e México poderão desfrutar de taxas zero em cada compra direta de criptomoedas utilizando ARS, BRL e MXN”, concluiu a empresa.

Leia também:

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

VOCÊ PODE GOSTAR