Blockchain Criptomercado Educação Tecnologia
single-image

Game colombiano ensina jovens a investir em criptomoedas

Novo game colombiano ensina crianças e jovens a investir na bolsa de valores e ativos virtuais

 

Em novo jogo colombiano, os jogadores enfrentarão desafios para interpretar as atividades do mercado financeiro. O jogo será focado tanto no mercado tradicional quanto no criptomercado. Comprar ações, commodities e, até mesmo, investir em Forex serão alguns dos desafios. Durante um projeto realizado pelos Ministérios da Cultura, Tecnologia da Informação e Ciência da Colômbia para trazer ideias inovadoras ao país, o governo colombiano aderiu à proposta de Henry Jean Velásquez. Batizado de “B Coin: aprenda a Investir na Bolsa”, o jogo busca educar seus usuários sobre como negociar na Bolsa de Valores, comprar e gerenciar ações de criptoativos. 

A ideia foi inspirada no Decreto 457 de 2014, que estipulou que a educação financeira e econômica deve ser um tema obrigatório nas escolas de todo o país. Embora isso fosse uma exigência, Velásquez comentou que a ideia surgiu, porque apenas 01% das escolas aderiram a essa demanda. E isso pode, portanto, se tornar um claro problema ao longo dos anos.

Dessa forma, o jogo tem o objetivo de ensinar a importância do gerenciamento de custos e conscientizar as crianças e jovens sobre a dinâmica do sistema. Isso porque a desinformação sobre o mercado financeiro pode levar a muitas frustrações futuras, se não houver uma compreensão sobre o assunto. Segundo Henry, o jogo é didático e divertido ao mesmo tempo. “O jogador tem que interpretar os movimentos do mercado de ações, para poder comprar e vender na hora certa e ganhar dinheiro. Sendo assim, ele pode comprar ações, criptomoedas, commodities, ele pode investir em Forex e cada ativo tem uma tendência específica que em níveis baixos é fácil de interpretar” disse.

Outros jogos que estão fazendo sucesso

O Axie Infinity, um videogame online que promete aos usuários alta arrecadação de criptomoedas, utilizando tecnologias como blockchain e NFT, anunciou nesta semana uma nova versão do game. Chamada “Origin”, ele possibilita que os usuários possam, agora, jogar de graça. 

No entanto, após atingir a marca de 1,5 milhões de jogadores ativos, a equipe de desenvolvimento do jogo Axie Infinity anunciou a criação de um novo sistema. Ele irá permitir, então, que seus usuários joguem de graça. Dessa forma, não há necessidade de investir na compra de Axies para acessar o jogo. Batizado de Battles V2 (Axie Infinity: Origin), a ideia é essa nova atualização ser uma espécie de “demo” do jogo principal. O grupo acrescentou na nota que a ideia ainda está em fase de teste pela equipe interna. Esse desenvolvimento interno tem como finalidade encontrar e remanejar quaisquer tipos de erros que possam haver na nova versão. Ainda não há uma data oficial de lançamento.

Leia também:

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

VOCÊ PODE GOSTAR