single-image

Fantom e seu pioneirismo no mecanismo de consenso

A plataforma utiliza a ferramenta Lachesis para gerar uma maior capacidade e transações concluídas em um tempo mais reduzido

 

Criptoativos são artifícios essenciais dentro do criptomercado, sendo os agentes de transformação que ditam as regras e inserem diversas ferramentas essenciais para a prosperidade do setor. Assim, desde 2008, muitos ativos surgem para não serem apenas uma sombra do Bitcoin e do Ethereum, mas para se tornarem seus “ecossistemas” em si. No caso da Fantom (FTM), a solução cripto foi criada para propor um pioneirismo interessante. A plataforma utiliza a ferramenta Lachesis para gerar uma maior capacidade e transações concluídas em um tempo mais reduzido comparado com o habitual.

 

Em linhas gerais, a Fantom é uma plataforma que opera com contratos inteligentes (também chamados de smart contracts). Esse sistema atua como uma Directed Acyclic Graph (DAG), provendo o melhor caminho auxiliar para operações de DeFi (finanças descentralizadas) com seu próprio algoritmo de consenso perrsonalizado e pioneiro. O FTM é o token da rede, um artifício muito essencial pelo fato de ajudar na resolução de empecilhos ligados com a velocidade de transação, que já foi um fator de críticas de usuários da Fantom.

 

Antes de iniciar seu trabalho com a Lachesis, a Fantom desenvolveu sua mainnet de forma oficial no final de 2019, denominando ela de OPERA. Todo esse processo foi desenvolvido por Dr. Ahn Byung Ik, que propôs uma grande autonomia e liberdade profissional para inserir o maior número possível de indivíduos de todas as áreas em suas operações, indo de entusiastas até cientistas e engenheiros de produção. Atualmente, a Fantom é liderada pelo CEO Michael Kong, mantendo suas intenções primárias e atuando fortemente no setor com a Lachesis.

 

E, por falar nesse mecanismo, ele é visto atualmente como o maior diferencial da Fantom no criptomercado, um setor que aprecia e fomenta diariamente as ferramentas pioneiras que enriquecem a atuação de seus profissionais. O Lachesis, em resumo, é um mecanismo de consenso desenvolvido e criado pela plataforma, resolvendo de vez as questões de velocidade, com tempo de transação datado em menos de dois segundos. A solução se une com o FTM, que atua em Proof-of-Stake (PoS). Além disso, a plataforma da Fantom utiliza o mecanismo para desenvolver o melhor método de segurança, garantia e usabilidade possível dentro do processo, um pioneirismo que pode gerar um “boom” no valor do ativo em poucos meses.

 

Leia também:

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

VOCÊ PODE GOSTAR