Criptomercado News Tecnologia
single-image

Falta de energia atinge mineradores na Venezuela

O país resolveu desligar a energia na região para garantir eleições oficiais. No entanto, mineradores questionam

 

Um grupo de mineradores da região de Carabobo, na Venezuela, teve a eletricidade cortada para fins de racionamento de energia. Segundo informações, isso acontece por conta do elevado consumo de energia da região que se encontra em racionamento diário. A situação dos sistemas de distribuição de energia elétrica na região é crítica na zona centro-oeste do país. Mas alguns mineradores alegam que esse racionamento se dá por conta de razões políticas, que têm relação com as eleições primárias do país. Vale lembrar, no entanto, que durante o último fim de semana, o Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), realizou eleições primárias para escolher os candidatos das eleições de novembro. Por conta disso, os mineradores que relataram a situação decidiram permanecer anônimos. 

Dessa forma, Carabobo, juntamente com a região Centro-Oeste do país, apresentam déficit de enrgida por conta da falta de manutenção das linhas de distribuição de energia elétrica. Isso, portanto, acaba provocando apagões diários na região. Sendo assim, com a necessidade da transmissão eletrônica dos votos ao Conselho Nacional Eleitoral (CNE), a energia da região foi desligada para evitar instabilidade do sistema.

Ainda não se sabe ao certo a quantia que o apagão gerou aos mineradores, mas especula-se que a perda diária em termos de valor, pode valer 20 vezes ao salário mínimo do país. O problema é ainda maior se pensar que o custo de energia no país é um dos mais baixos da região. Nesse caso, a perda diária de cada unidade de plataforma de mineração seria em torno de US$ 35 dólares.

Leia também:

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

VOCÊ PODE GOSTAR