Destaques News
single-image

El Salvador realiza mais uma compra de Bitcoin (BTC) em momento de queda

O presidente Nayib Bukele anunciou que fez uma compra de 420 BTC, que são direcionados para os balanços de seu governo

El Salvador se estabeleceu como uma das nações com maior poder de investimento e divulgação do criptomercado. O país é visto atualmente como o grande entusiasta do setor em 2021. Apresentando, sempre, medidas e outras soluções na adesão do criptoativo mais popular do planeta. Agora, o país latino voltou aos noticiários com uma nova investida. O presidente Nayib Bukele anunciou que fez uma compra de 420 BTC, que são direcionados para os balanços de seu governo. Juntando com seus últimos investimentos, agora o país conta com 1120 criptomoedas, o que representa cerca de R$ 377 milhões (valores atuais do mercado). “Foi uma longa espera, mas valeu a pena. Acabamos de comprar a baixa! 420 novos #Bitcoin”, comentou o político em sua página no Twitter

Veja mais notícias em O Monetário 

Como comentamos anteriormente, essa não é a primeira investida do governo local no criptomercado. O país já aprovou questões jurídicas e também incentivou a população com a inserção de motivações por meio de serviços de Wallet/Exchange e BTC. O último grande avanço, que foi divulgado por Bukele, é a mineração do ativo por meio de vulcões. Por causa disso, a economia local está abraçando cada vez mais o setor dos criptoativos. Os incentivos são recorrentes e muitos comércios já estão aderindo e transacionando com o BTC. Isso se deve muito ao presidente do país, que não muda sua opinião sobre criptomoedas, só reforçando que isso pode revolucionar a forma como El Salvador visualiza o mundo monetário.

Entusiasta

Com esses avanços, é muito provável que o país latino vire um dos grandes centros do setor nos próximos meses, indo na contramão de nações como a China, que está se afastando cada vez mais da mineração de BTC. Porém, o presidente precisa de um apelo popular para que suas ações sejam mais aceitas, algo que é bem evidente depois dos protestos da população local sobre a adesão do Bitcoin. 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

VOCÊ PODE GOSTAR