single-image

Chainlink e sua rede “Oráculo”

Unindo inteligência com dados em âmbito mundial, a rede também conta com um token que respalda sua descentralização

 

Redes descentralizadas são notórias por apresentar soluções diferenciadas, propondo também um grande senso de união entre os participantes em prol da valorização de uma Blockchain. No caso da Chainlink (LINK), esse detalhe foi iniciado em sua concepção, que foi uma ideia em conjunto de Sergey Nazarov com Steve Ellis. Os dois profissionais pensaram em uma rede aos moldes do “Oracle”. Unindo inteligência com dados em âmbito mundial, a rede também conta com um token que respalda sua descentralização no setor dos criptoativos.

Em outras palavras, a ideia do sistema “Oráculo” é unir contratos inteligentes com dados do mundo inteiro. Essa concepção se iniciou em 2017, quando a ICO da Chainlink foi desenvolvida. Isso ocorreu depois de uma arrecadação de cerca de US$ 32 milhões unido a um fornecimento de mais de 1 bilhão de tokens LINK. De início, esses ativos foram criados como forma de pagamento para profissionais que atuam como operadores de “nodes” (nós) da rede descentralizada. Os entusiastas da rede e seu ativo, observam a LINK como um ERC 20 que pode operar como uma ERC 223, ou seja, recebendo e processando dados em uma única transação.

Os chamados “smart contracts” são utilizados na rede para propor uma maior utilidade para dados disponíveis na “vida real”, como é dito pela rede. Por ser uma certa “ramificação” em DeFi (finanças descentralizadas), o Oracle em LINK fornece dados externos que servem como um condicionamento para execuções de regras pré-estabelecidas. Os operadores, por sinal, recebem incentivos por meio de recompensas que unem sua atuação em prol de algo maior na rede. Há também uma autonomia dos próprios em acessar dados fora da cadeia por meio de uma solicitação, além de analisar contratos.

Esses contratos unem termos de reputação, correspondência de pedidos e um contrato agregado, esse último sendo uma junção de informações do Oráculo para que haja um senso de maior precisão tanto em dados como em transparência de informações. Em linhas gerais, a Chainlink atua em prol de um sistema unificado entre profissionais, já que propôs um senso de distribuição consciente que só é efetivo por meio de uma “saúde” empresarial entre os envolvidos. A ideia do “Oracle” é um das grandes inovações do criptomercado, que faz uma das melhores utilizações possíveis dos contratos inteligentes.

Leia também: 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

VOCÊ PODE GOSTAR