single-image

CEO da Argo Blockchain defende regulamentação de criptoativos

O CEO da empresa de mineração Argo Blockchain, Peter Wall, disse recentemente em entrevista à Bloomberg que uma regulamentação do mercado de criptoativos será inevitável, e até mesmo benéfica.

“Como em qualquer setor, haverá uma dança com os reguladores, um ‘puxa-empurra’. Achamos que algumas proteções são boas.”

Conforme o Bitcoin e as demais altcoins se tornam cada vez mais populares, pautas sobre regulamentação começam a aparecer. Entretanto, esse assunto ainda está em estágio inicial e há divergências entre os países de como regularizar as criptomoedas. 

Recentemente o  Reino Unido proibiu a venda de derivativos de criptoativos. Nos Estados Unidos, a SEC barrou a criação de ETFs e processou a Ripple Labs, alegando que o token XRP funciona como um bem imobiliário. Atualmente, a Binance pode ser investigada no Brasil pelo Ministério Público pela venda de derivativos de Bitcoin.

Ações da Argo Blockchain dispararam

Com poucos produtos financeiros derivados de criptomoedas disponíveis no mercado, as ações de empresas de mineração dispararam nos últimos meses. As da Argo tiveram um crescimento de 1400% em 2020. 

Peter acredita que a alta do mercado nas últimas semanas será diferente da registrada em 2017. Segundo ele, a valorização de 3 anos atrás foi impulsionada apenas por pessoas físicas e pelo setor de varejo. Por outro lado, a atual conta com grandes investidores e instituições entrando de vez no cripto mercado.

Em suma, ele acredita que a própria digitalização das moedas FIAT beneficiará o mercado de criptomoedas:

“irá estimular mais inovações neste espaço, não apenas para os países, mas para as criptomoedas em geral. Mas serão diferentes porque serão centralizadas. Serão autorizadas apenas por governos, enquanto algo como o Bitcoin é por natureza descentralizado. É mundial.”

Em síntese, as ações da Argo e de outras empresas de mineração tendem a valorizar cada vez mais enquanto o mercado de criptoativos continuar se valorizando e popularizando.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

VOCÊ PODE GOSTAR