single-image

Capitalização de mercado das criptomoedas alcançam os US$ 2 trilhões

A capitalização de mercado das criptomoedas atingiu, no dia 05 de abril de 2021, a marca de US$ 2 trilhões, renovando seu recorde anterior. Segundo o site provedor de dados CoinGecko, o valor do criptomercado dobrou em apenas três meses, tendo em vista que  em janeiro de 2021, está capitalização de ativos digitais transitou pela primeira vez a casa dos trilhões de dólares, alcançando US $1 trilhão em seu valor total. 

Segundo os entusiastas das criptomoedas, esse valor ainda é pequeno, diante do potencial que a criptoeconomia vem adquirindo ao longo dos anos. 

Veja na imagem abaixo o crescimento do criptomercado nos últimos três meses:

Entenda o que levou a capitalização das criptomoedas a esse novo recorde: 

O Bitcoin, principal moeda do mercado, representa, segundo o CoinGecko, aproximadamente 52,56%, ou seja, mais da metade da capitalização do criptomercado.  Considerando os últimos acontecimentos do BTC, essa porcentagem só tende a aumentar, visto  que a moeda segue quebrando recordes em seu preço.

A última máxima em seu valor foi no dia 14 de abril, atingindo a casa dos US$ 64 mil, e de  acordo com analistas e entusiastas, o Bitcoin tem potencial para buscar os US$ 70 mil até o final do mês de abril.

No entanto, não podemos esquecer Ethereum, que vem conquistado cada vez mais seu lugar na criptoeconomia. O ativo além de estar nos últimos meses em tendência de alta, vem adquirindo novos recordes em seu preço, atingindo hoje (27), uma nova máxima e alcançando os US$ 2.664 mil, tendo agora aproximadamente um domínio de mercado em 14,24% segundo os dados do CoinGecko. 

Diante do cenário atual do mercado, a tendência é que esta capitalização continue aumentando nos próximos meses. 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

VOCÊ PODE GOSTAR