Bitcoin Criptomercado Destaques News
single-image

Bitcoin (BTC) tem ETF aprovada pela SEC para empresas de grande impacto

O núcleo aprovou o fundo “Volt Bitcoin Revolution ETF”, ação que fornece aos investidores de varejo uma maior exposição ao ativo mais popular do mundo

A SEC, importante agência regulamentadora americana, segue com novidades dentro do mundo dos criptoativos, algo que agrega também o ETF de Bitcoin (BTC). Agora, o núcleo aprovou o fundo “Volt Bitcoin Revolution ETF”, ação que fornece aos investidores de varejo uma maior exposição ao ativo mais popular do mundo. Isso irá acontecer por meio da carteira criada, chamada de “Bitcoin Revolution Companies”. Ela possui grandes balanços de criptoativos dentro de seu conceito. No primeiro pedido, realizado em junho deste ano, a Volt Equity, responsável pelo gerenciamento da proposta, comentou que 25% dos ativos do fundo eram compostos de ações da MicroStrategy. A empresa é conhecida por ser uma empresa de inteligência de negócios (conta com mais de 100 mil BTC em Wallet).

Momento de mudanças

Em uma entrevista recente, o fundador da Volt, Tad Park, comentou que a porcentagem pode ser menor que o fundo analisado. Há a possibilidade de ser negociado com a sigla BTCR, sendo possivelmente listado na Bolsa de Valores de Nova York no futuro. O profissional ainda comentou que esse fundo terá ações, inicialmente, de cerca de 30 empresas. Estão envolvidos nomes como Tesla, Square, Coinbase e PayPal. Park acrescentou que a Volt optou por incluir o Twitter, já que a rede social integrou o Bitcoin recentemente em seus planos de atuação. Outras empresas de mineração, como a Marathon, também estarão no conceito de mantimento de ativos em títulos corporativos

Veja mais notícias sobre Bitcoin em O Monetário. 

O fundador do núcleo responsável pelo ETF comentou que o Bitcoin Revolution Fund terá uma volatilidade reduzida se for comparado com um criptoativo. Isso se deve ao fato de que a queda do BTC não tem um grande efeito em balanços das empresas citadas anteriormente. As taxas do ETF da Volt são bem acessíveis, sendo administrada em 0,85% por ano. Mesmo que a SEC tenha acenado positivamente para o andamento da proposta da Volt.  Sendo assim, a ação ainda tem um caminho bem árduo para aprovar seu projeto, já que a agência ainda atua com uma visão contrária ao Bitcoin. A tendência é que haja um acordo em comum, ainda mais quando o BTC for mais debatido dentro de empresas desse poderio.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

VOCÊ PODE GOSTAR