Bitcoin Criptomercado Destaques News
single-image

Bitcoin (BTC) cai e altera preço de criptoativos nesta semana

O BTC perdeu o suporte que estava em US$ 40 mil, e agora se encontra na casa de US$ 36 mil, contando com alternâncias para cima e para baixo

O Bitcoin (BTC) continua prosperando no criptomercado, porém, no começo de 2022 o criptoativo seguiu uma tendência observada em duas oportunidades diferentes em 2021, entrando em recessão e apresentando queda no começo desta semana. Porém, diferentemente de outras oportunidades, o ativo mais popular do mundo apresenta uma motivação gráfica e mais criptográfica para o ocorrido. Com isso, o ativo também acabou levando consigo outros projetos de moeda do setor, que também apresentaram uma baixa em seus preços nas últimas horas. Em termos de preço, o BTC perdeu o suporte que estava em US$ 40 mil, e agora se encontra na casa de US$ 36 mil (valor observado na tarde do dia 24/01), contando com alternâncias para cima e para baixo. Vale citar que o valor foi menor no começo da semana, chegando em US$ 35 mil, o que já representava uma baixa de mais de 20% em valores de toda a semana.

Como comentado anteriormente, outros ativos foram impactados nesta semana, com foco em Altcoins, que foram as mais prejudicadas. Porém, é importante observar que não foram poucos ativos incluídos nesta lista, sendo que praticamente todos da primeira lista do CoinMarketCap experimentaram valores negativos nos últimos dias. O que é bem preocupante em termos de valor é que alguns ativos chegaram a observar mais de 40% de desvalorização, como foi o caso de ativos como a Loopring (LRC), a Curve DAO Token (CRV) e a Near Protocol (NEAR), todas registrando porcentagens acima disso. Porém, como citado na matéria, essa queda é muito mais gráfica e de natureza do Bitcoin, que viu seu suporte sendo alterado, o que automaticamente ocasiona toda essa desvalorização.

Isso vai muito na contramão do que foi observado em 2021, quando declarações de Elon Musk, a migração das máquinas de mineração da China, questões ambientais e ecológicas, entre outros assuntos, fizeram com que o BTC fosse para um valor negativo. De certa forma, essa queda recente já mostra uma mudança de tendência do Bitcoin para esse ano mas, como vivemos uma realidade de mercado de especulação, os fatores citados e outros semelhantes podem sim alterar o valor do ativo mais popular do planeta. Por esses fatores, é muito importante estudar e ficar de olho nas alternâncias e na saúde financeira do ativo, sabendo em quais momentos é preciso operar ou realizar uma manutenção de atuação tanto com o BTC como com as Altcoins alteradas no processo.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

VOCÊ PODE GOSTAR