single-image

Bitcoin – Análise de Mercado Semanal

Data: 09-02-21

Preço: US$ 46.700,00  (aproximadamente)

O Bitcoin retomou seu movimento de alta e rompeu seu topo histórico, antes fixado na zona dos US$42.000,00. Após semanas flertando com a região dos US$30.000,00 o ativo recuperou-se e subiu mais de 50% até então. Essa forte alta se deve ao fato da oferta líquida de Bitcoins estar diminuindo a cada dia nas exchanges, à medida em que investidores continuam a adquirir e controlar cada vez mais a moeda no longo prazo. 

Outro fator determinante para essa forte alta das últimas horas foi a divulgação que a Tesla adquiriu mais de US$1,5 bilhão em Bitcoins, com objetivo de diversificar suas reservas. A gigante automotiva pretende aceitar a criptomoeda como forma de pagamento pelos seus produtos num futuro próximo.

Segundo a Glassnode, empresa provedora de dados e inteligência em blockchain, atualmente 78% dos bitcoin emitidos são de holders ou estão perdidos. Isso deixa menos de 4 milhões para serem comercializados entre os participantes do mercado, incluindo grandes investidores como a Paypal, Square, ETFs, empresas do S&P500 e outros. Com a flutuação na rede secando cada dia mais rápido, os sinais são promissores para aumentos contínuos dos preços do Bitcoin no futuro.

Analisando o gráfico diário podemos observar a formação de um padrão áureo de movimento no BTC, na qual teve uma retração até a região de 50% da métrica de Fibonacci, o que é considerado saudável para a continuidade do movimento altista. Portanto, esboçamos uma projeção de preço, na qual o  preço tende a repetir o padrão de movimento, conforme demonstrado no gráfico abaixo.

Obs: As análises que fornecemos no site são para fins informativos, e não servem como orientação para investimentos ou compra de ativos. Sugerimos que sempre faça seu próprio estudo antes de comprar qualquer ativo.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

VOCÊ PODE GOSTAR