Criptomercado Destaques News
single-image

 Bank of America acredita que o metaverso é uma oportunidade para a criptografia

Israel também explicou que se as empresas conseguirem encontrar a plataforma certa, isso definitivamente pode se tornar uma grande chance para o mercado crescer

O estrategista do Bank of America, Haim Israel, expressou o seu apoio ao criptomercado. Em uma entrevista concedida para o Insider, o empresário destacou que o metaverso é uma grande oportunidade para a criptografia mundialmente. Além disso, Israel também explicou que se as empresas conseguirem encontrar a plataforma certa, isso definitivamente pode se tornar uma grande chance para o mercado crescer. Com isso, há a ideia de que marcas conseguem proporcionar novidades e interagir mais abertamente com os fãs pelos ambientes virtuais. 

Segundo o profissional, é por meio do metaverso que vamos começar a usar os ativos virtuais como dinheiro recorrente. O estrategista também enfatiza que será na criptografia que as pessoas finalmente vão começar a usar amplamente os criptoativos para transações. Israel acredita que a maioria das criptomoedas existentes provavelmente são muito voláteis para esse propósito, apontando Stablecoins como Tether (USDT) e USD Coin (USDC) como as melhores moedas digitais para vencer nesse ambiente. 

O sucesso do metaverso

O metaverso vem ganhando muita atenção este ano e a maioria de sua glória se dá porque o gigante da mídia social Facebook mudou o seu nome para Meta. A partir deste momento, a maioria das empresas começou a levar o ambiente virtual mais a sério, adquirindo seus próprios espaços digitais. Como exemplo, a plataforma de realidade virtual Decentraland foi recentemente vendida por US$ 2,4 milhões e a Republic Realm pagou US$ 4,3 milhões por uma propriedade no The Sandbox

Veja mais em O Monetário

Como resultado desse enorme “boom”, Israel destacou que empresas de pagamentos tradicionais poderão mostrar maior interesse nas criptomoedas por meio do metaverso. A maior gestora de criptoativos do mundo, Grayscale Investments, se pronunciou sobre o assunto, dizendo que o metaverso é uma oportunidade de negócios de US$ 1 trilhão. A empresa destacou que o ambiente virtual pode ir muito além de jogos, atingindo setores como publicidade, comércios e monetização de desenvolvedores e outros.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

VOCÊ PODE GOSTAR