Educação
single-image

Bancor (BNT): Conversão de tokens por meio de Smart Contracts

Converter é uma ação rotineira no protocolo, excluindo o interveio de uma corretora que poderia ditar certas regras e padrões dentro do processo

A Bancor (BNT) apresenta um nome interessante, ainda mais na língua portuguesa, já que se assemelha aos “bancos”, algo que é assunto recorrente dentro do criptomercado. Porém, o nome não faz alusão direta à centros monetários, representando muito mais ao mercado dos ativos digitais. De forma geral, a Bancor se apresenta como uma rede que une Smart Contracts com tokens on-chain, fazendo com que esses contratos gerenciem a conversão dos ativos. Converter é uma ação rotineira no protocolo, excluindo o interveio de uma corretora que poderia ditar certas regras e padrões dentro do processo. Os Smart Contracts, além de gerenciar esse modelo, também controlam pools de liquidez, que são responsáveis por alguns “caminhos” dentro da rede.

Conceito linear

O conceito da Bancor é bem linear. Como explicamos acima, há um processo direto na qual caracteriza a proposta como uma unificadora de propostas que geram conversão características de tokens. E, por falar em token, o protocolo da solução conta com a BNT, também chamado de Bancor Network Token, vista no setor como parceira da Uniswap no quesito de pioneirismo de atuação com a tecnologia DeFi. Com esse modelo, a Bancor proíbe a inserção de tokens que podem interromper a conversão da rede. Isso faz com que tudo que tenha teor de “terceiro” seja mal visto dentro do conceito da marca. Assim, um dos grandes objetivos da Bancor é desenvolver liquidez para Altcoins e ajudar na remuneração de provedores de liquidez, como é dito pelos desenvolvedores do projeto.

Mesmo que esse seja um objetivo grandioso, fica bem claro que a rede foca bastante na questão da conversão. É algo contínuo dentro do modelo de token para token. Tudo que é criado dentro do livro-razão segue os preceitos digitais e criptográficos da BNT. Vale citar que esse tipo de atuação também é pioneiro dentro da tecnologia do criptomercado. Ao traçar todo esse roteiro, a Bancor busca se diferenciar no mercado em termos de liquidez e visão de mercado. Seu pioneirismo surge por meio de um caráter tokenizado.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

VOCÊ PODE GOSTAR